Vector Image
top of page
  • Foto do escritorKarla Stephen

Um dia perfeito em Granada

Chegamos em Granada já na parte da tarde. Fizemos check in e guardamos o carro no próprio hotel. Custo do estacionamento de 13 euros por dia. 

O Hotel Occidental Granada - Calle Alhamar, 46, fica bem próximo do centro. Rua bastante movimentada e de muitos comércios. Diferente de Almería, Granada já é uma cidade bem maior. 



O hotel tem uma excelente infraestrutura, tem um lounge/bar do lado da recepção onde fizemos hora. Quarto e banheiro bem espaçosos. 

Subimos com as malas. E como estávamos com fome, não escolhemos muito, atravessamos a rua e entramos no primeiro restaurante que vimos. Ele pediu um bacalhau, o que ele ama! E que bacalhau! Com certeza um dos melhores que já provei na vida!


Andamos um pouco para saber o que tinha próximo ao hotel e como já estava escurecendo, decidimos ir conhecer o shopping que ficava próximo dali. Fomos de carro.


E de cara já me surpreendi com o tamanho do estacionamento subterrâneo. Parecia uma cidade. Simplesmente imenso!!! O mais interessante é o que estacionamento não é cobrado. E em viagens qualquer euro que se economiza é maravilhoso, né?


Eu nunca imaginei que em Granada tivesse um shopping tão gigante quanto aquele. O Nevada Mall - Av. de las Palmeras, 75, é o maior da região de Andaluzia. 


Batemos pernas por algumas horas, compramos algumas coisinhas, tomamos um café e voltamos para o hotel. 

O Nevada Mall tem acesso pela estrada. Embora seja bem próximo do hotel, o acesso a pé é meio complicado. Então se você se hosperdar no centro, precisará de carro pra chegar lá. 


É super rápido. A questão é apenas o acesso, por ser na estrada. E vale muito à pena a visita. 



Voltamos para o hotel e dessa vez resolvemos ir numa hamburgueria Sancho Casual Burger (Alhamar - Tejeiro), Calle Tejeiro, 20, ao lado do hotel. Local super movimentado, atendimento ótimo e bem atraente. 


Ficamos surpresos com a variedade de sanduíches e cada um mais exótico que o outro. Amamos nossas escolhas. Adoro brie, mas nunca havia comido no hamburguer.


No dia seguinte, como não havíamos contratado o café da manhã do hotel, saímos passeando procurando uma boa cafeteria no caminho. 

3 minutos andando, paramos na La cueva de 1900 - Calle Pedro Antonio de Alarcón, 20. Depois descobrimos que é uma rede com vários pontos pela cidade. Onde você pode tomar um café, ou almoçar ou apenas degustar deliciosas tapas com vinho. 


Seguimos caminhando pela cidade repleta de árvores cheias de tangerinas. 


Mas isso é algo que deve ser alertado. Esses frutos não são próprios para consumo, apenas para deixar as ruas mais coloridas e lindas, pois são tóxicas e muito azedas. 


Após alguns minutos de caminhada paramos novamente em mais um ponto La Cueva. Dessa vez para degustar tapas com vinhos. 



Andamos mais um pouco e chegamos no centro de Granada. 


Que cidade charmosa! Vontade de ficar por horas sentada apreciando as paisagens, as pessoas.


Mas continuamos andando por ruas cercadas por construções da época medieval quando tudo ali era ocupação moura. 



Carrera Del Darro & Paseo de los Tristes é um passeio super agradável de fazer. Liga o Centro aos bairros de Albacín e Sacromonte. Uma rua charmosa bem estreitinha, e de um lado está a Alhambra, no alto de uma colina.



Do outro lado o Albacín. Esses dois lados são divididos pelo rio Darro, o que dá um charme ainda maior para a rua.


A continuação da Carrera del Darro, é chamado de Paseo del Padre Majón, mas passou a ser conhecido como Paseo de Los Tristes, no século XIX porque era por ali que passavam os cortejos fúnebres.



O trajeto é cercado por lojas e restaurante em prédios medievais. Um dos pontos turísticos ótimos para fazer uma pausa e/ou garantir umas lembrancinhas. 


Um dos pontos mais importantes a serem visitados é Alhambra, considerado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, com jardins e uma fortaleza do antigo Império Muçulmano, época em que a cidade era dominada pelos mouros, entre os séculos XIII e XV.



Para fazer a visita é preciso em torno de 3 horas para conhecer os palácios e jardins.


Também há a Alcazaba, fortaleza que é a parte mais antiga do complexo, é de lá que temos vistas incríveis da cidade. E os Palácios Nazaries, que eram residências dos sultões, com muitos detalhes da arquitetura árabe. 


O local tem cota diária para visitantes. Se conseguir reservar com antecedência é mais seguro. 

E no ingresso terá o horário indicado para visita. 


No dia seguinte precisei fazer uma visita técnica antes de pegar estrada. 


Granada é aquelas cidades que te deixam com gostinho de quero mais. Aquela cidade que com certeza voltaria numa próxima viagem, pois não conseguimos ver tudo. 



Então a dica é ter pelo menos 2 dias livres em Granada. Sem contar com o dia de chegada e saída. 

Outros pontos a serem visitados são:


Albacín & Sacromonte - os dois bairros mais típicos, genuínos de Granada. Situados na encosta com vista para Granada;



Mirador de San Nicolá - O mirante mais famoso de Granada de onde se terá a melhor vista panorâmica da Alhambra;



Catedral & Capilla Real - É o local de sepultamento de alguns monarcas espanhóis;



Hamman Al Ándalus – Conhecido como banho árabe. São banhos relaxantes com massagem feita por profissionais. Ambientes decorados com caminhos iluminados à vela. Também tem banho termal com aromas de sala de vapor enquanto eles servem chás. 



Calle de las Teterías – Rua das casas de chá. Pedacinho de Marrakech em Granada



Alcaiceria – Lugar para fazer compras. Muitas opções de souvenirs, tem roupas, bolsas, lustres, artesanatos e tudo muito colorido.



 

Quer viver essa experiência inesquecível? Converse conosco e explore as maravilhas de Granada. Estamos empolgados para transformar suas viagens. Faça sua reserva agora e esteja pronto para momentos incríveis!





12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page